Helena de Troia

Com reputação de A mulher mais bela do mundo, segundo a mitologia, esta seria a peça chave para o desencadeio da tão afamada guerra de Troia.

Imagem relacionada
Fonte: Produto mercado livre

Consta-se que esta seria filha de Zeus e de uma mortal, Leda, que seria casada com o rei de Esparta, Tíndaro.

A história conta que ainda pequena fora raptada por Teseu, em que posterior foi libertada e levada de volta à Esparta, para junto de sua família. Sua significante beleza era-lhe um charme e atrativo especial, como já colocado, sendo intitulada como a mulher mais bela do mundo. Esse atributo conferia-lhe um número grande de pretendentes, o qual Tíndaro temia conceder-lhe a mão para possibilidade de fúria de algum…

É aí, então, que um de seus pretendentes, Odisseu, sugestiona que todos os pretendentes jurassem protege-la, e a permitissem o poder de escolha do marido, protegendo-o também. Helena optou por casar com Menelau, que tornou-se, depois, rei de Esparta.

Seu vínculo com a guerra de Troia viria quando Páris, em viagem para Esparta, conhece a jovem e bela esposa do rei Menelau. Quando este viaja, abre-se então a aproveitada oportunidade de raptá-la e ambos irem para Troia. A mitologia conta que a guerra teria sido motivada pelo desejo do traído marido de Helena, que decide-se então vingar-se, dando início à guerra (o que também teria uma motivação política). A guerra durou 10 anos.

Beijos, Vanessa.

Helena de Troia