Transição capilar: você precisa se aceitar.

Fala galera, tudo bem?

Costumo sempre vir aqui e falar um pouquinho sobre essa experiência que muitas meninas passam, e que eu, estou cá no meio do caminho, chegando ao primeiro ano de transição e com uns bons centímetros de cabelo natural dando seu ar da graça.

Essa semana, porém, conversando com uma linda e cacheada amiga de faculdade, que há 3 anos desistiu totalmente de qualquer tipo de química, sobre o assunto, chegamos ao comentar do fato que mais perturba todas nós nesse momento: a autoestima.

É um período difícil para qualquer uma que esteja passando. A diferença de textura do cabelo é evidente, e mesmo os tais métodos de texturização não disfarçam tanto assim. No começo, meu problema era esse. A diferença de textura, os problemas em texturizar e tentar disfarçar. E claro, o tempo que isso leva, que dependendo do evento ou onde você for, só algum penteado ou cabelo preso resolve…

Porém, sempre tem um “problema” novo, não?! Com 10 meses de transição, e já com uma melhor noção sobre como texturizar ou que penteado usar em momento de necessidade, os dilemas nunca acabam. E agora a questão é que com uma boa parte do cabelo já crescido, o volume natural evidentemente já foi atingido, e nós, velhos usuários do liso, não sabemos lidar.

O complexo do volume me acompanhou no último mês. Com a texturização disfarçando boa parte da diferença, principalmente por não ter tanta parte lisa, o problema vem no volume dos cachos. E eu sofri, psicologicamente, nos últimos dias por causa disso. Sofria, aliás.

Eu acredito que a coisa mais importante que ouvi, dessa mesma amiga de faculdade, é o dever de desencanar quanto ao volume e entrar em uma verdadeira relação de amor com si mesmo, em especial, com seu cabelo. Fugir do padrãozinho e aceitar que o volume agora não só faz parte dele, mas de si mesma. É aceitar o que é e aprender a amar.

Tem coisa melhor que se autodescobrir e principalmente aceitar aquilo que vê?! Transição capilar é uma dor de cabeça que te renova e te faz mudar. Sempre ouvi isso, mas nunca imaginei que faria tão bem para a autoestima que abala-la e transformá-la!

Beijos, Vanessa!

Anúncios
Transição capilar: você precisa se aceitar.

Um comentário sobre “Transição capilar: você precisa se aceitar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s