Resenha- Corte de Espinho e Rosa-Sarah J. Maas

Capa-corte-de-espinhos-e-rosa-

Título: Corte de Espinhos e Rosas
Título Original: A Court of Throns and Roses
Série: Corte de Espinhos e Rosas
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 434

Sinopse: Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.
Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

Feyre  vivem em um mundo onde fadas existem e não se dão bem com os humanos por isso estão separados por um muralha. Sua família depende dela para sobreviver, por isso ela começou cedo a caçar para poder alimentar sua família.

Em uma caçada Feyre mata um lobo sem saber que é um feérico. Por causa de um tratado ela deve dar sua vida em troca da que ela tirou. Por isso ela é levada por Tamlin até a corte Primaveril. No começo tudo que ela pensava era em fugir dali o mais rápido possível, porem ela acaba se encantando cada dia mais com aquele mundo perigoso.

— Aquele Tratado — respondeu Tamlin, em voz baixa — não nos impede de fazer nada, exceto escravizar vocês. A muralha é um inconveniente.Se quiséssemos, poderíamos destruí-la e marchar, matando todos vocês.

Ela descobre que Tamlin está sobre uma maldição colocada pela perversa Amarantha e ela está disposta a tudo para salvar ele, mesmo que para isso tenho  que fazer um acordo com o misterioso Rhys.

– Você nunca me disse que amava as asas, ou voar.
Rhys deu de ombros.
– Tudo o que eu amo sempre teve a tendência de ser tomado de mim. Falo para pouca a respeito das asas. Ou de voar.

O mundo criado por Sarah nos tira qualquer pensamento de que só exite feéricos bons e nos leva a um mundo cheio de perigo que só esta esperando que você fique de guarda baixa. É um ótimo livro para quem gosta da temática de fadas. Os personagens são bem construídos e muito envolventes.

 

Anúncios
Resenha- Corte de Espinho e Rosa-Sarah J. Maas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s