E quando os dias estão cinzas?

E de repente, perdeu a cor. A primavera invernou e o sorriso desapareceu. O dia parece que resolveu compartilhar da mais triste melodia, trazia pelo vento frio que arrepia minha alma. Não aconteceu nada, não houve nada, está tudo bem. Ou teoricamente, bem. Porque sofres? Porque chora? Porque se sente mal? Não há resposta.

Eu sou assim. Às vezes eu grito ao vazio, e quando escuto o eco, me assusto. Intimido-me e logo me recolho no próprio eu. Não foi nada, e nem ninguém, apenas meu eu temeroso por absolutamente nada. Dizem por aí que é o tipo de tristeza que surge para liberar as dores e machucados da alma que estão acumulados.

Ah, e eu choro. Por nada, por ninguém. Não tem motivos. Se você vier perguntar o porque do meu silêncio, eu ei de querer chorar mais porque não tenho respostas. Estou mal, triste e não há nada por trás disso.

É tristeza que bate e eu, sem motivos, deixo-me apanhar dela.

Anúncios
E quando os dias estão cinzas?

5 comentários sobre “E quando os dias estão cinzas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s