ENTREVISTA COM O ESCRITOR PSEUDÔNIMO SYLVAIN REYNARD

ENTREVISTA COM O ESCRITOR PSEUDÔNIMO SYLVAIN REYNARD NÚMERO #1 THE NEW YORK TIMES

SYLVAIN REYNARD

Quase nada foi divulgado sobre a verdadeira identidade do autor por trás do pseudônimo Sylvain Reynard.

Sabemos que ele é canadense, já escreveu vários livros de não ficção e tem um profundo interesse pela arte e pela cultura renascentistas. Mas, embora declare ser do gênero masculino, seus fãs têm uma forte suspeita de que na verdade S.R. seja uma mulher.

Semifinalista ao prêmio de Melhor Autor e Melhor Livro no Goodreads Choice Awards de 2011, Reynard apoia diversas instituições de caridade e acredita que a literatura ajuda a explorar os diversos aspectos da condição humana, como o sofrimento, o amor e a redenção.

 

LÁ VAMOS NÓS!

  1. Eu li todos os seus livros até agora, e devo dizer que cada livro é surpreendente. Tenho vontade de ler mais de uma vez. Sei que a música é algo que lhe ajuda a escrever, além de escritores como Dante até C.S.Lewis. Voltando à sua primeira série sobre Gabriel Emerson. Por que a escolha em Dante?

Bom dia, Paula e obrigado. É um grande prazer estar com você e com os leitores. A escrita de Dante e a história do seu amor por Beatrice não são muito bem conhecidas fora de algumas aulas de literatura em Universidades. Eu queria expor a sua história para um público mais amplo.

 

  1. Seu novo livro “The Shadow” está prestes a lançar dentro da série Noites em Florença. O que te levou a escrever sobre esse tipo de lado um pouco “dark” de Florença?

Primeiro, eu estava interessado na história das ilustrações de Botticelli de Gabriel e Julia. A série Noites em Florença foi uma oportunidade de mergulhar naquela história. Segundo, a cidade de Florença tem becos negros, segredos misteriosos e lendas fascinantes. Eu queria explorar elas bem.

 

  1. Sei que odeia spoilers, então não vamos mencionar nenhum aqui. Acho que posso fazer uma pergunta sobre as atitudes de Gabriel e William, seus dois personagens centrais das suas duas séries. Por que em tantos pontos eles se parecem? Desde raiva até amor?

Em ambos os casos, há obstáculos significativos do amor de um casal para outro. Cada um dos personagens sofre uma jornada. A maneira como Gabriel encontra Julia e a maneira que William encontra Raven significa que não haverá um amor instantâneo e mútuo. Ambas as séries exploram os temas de sexo, amor e redenção.

 

  1. Defina o novo livro “The Shadow” em uma palavra para seus leitores ansiosos no Brasil.

Intriga.

 

  1. Se você pudesse se tornar um personagem dentro de qualquer série sua, ou da Trilogia de Gabriel ou Noites em Florença, quem você seria e por quê?

Eu acho que eu deveria ser o Narrador Snarky (desagradável, chato).

 

Bom, essas são as perguntas!! Muito obrigada por fazer você (Nina) e SR estarem disponíveis a isso!

Todo amor xx

Paula M. C. Basílio

Escritora // Blogueira no Quasemcrise? Blog de literatura

https://quasemcrise.wordpress.com/

e no meu blog Paula M. C. Basílio

http://paulamcbooks.blogspot.com/

  É absolutamente o meu prazer. Obrigado pelo amável convite.

 Eu gostaria de mencionar o bom trabalho de @SRFansBrazil no twitter e o time do podcast brasileiro, Noites em Florença Podcast. Você pode escutar o podcast deles e conversar com eles aqui: Clique aqui

 

Por:  Blog Paula M.C books

 

Anúncios
ENTREVISTA COM O ESCRITOR PSEUDÔNIMO SYLVAIN REYNARD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s