Pompeia

É um filme de catástrofe história, inspirado na destruição da cidade de Pompeia, pela erupção do Monte Vesúvio no ano 79. Foi dirigido por Paul W.S Anderson.

A história é sobre o escravo e gladiador Milo, que quando pequeno teve sua família e todos do seu povo dizimados e desde então sonha com a vingança contra quem os matou. Eis que em determinado momento ele se depara com a jovem e bela Cássia, filha dos governantes de Pompeia, e logo se apaixona por ela. Típico amor à primeira vista. E que, coincidentemente ou não, é perseguida pelo Senador Corvus, que é o culpado pela morte da família de Milo.

Opinião Pessoal

A história é referida a catástrofe ocorrida na antiga cidade de Pompeia. Os fatos decorrentes no filme são bem embasados no ocorrido (digo isto por ter assistido documentários á respeito) o que já ganha uns belos pontinhos. Eu vejo o cenário apropriado para o desenvolvimento do filme, apesar de eu ter achado que o enredo poderia ser melhor. Pelo menos, em minha visão particular, esperava um pouco mais da história. Mas, nada que desmereça a trama e a deixe ruim. Longe disso! Ele demonstra o cenário e fato histórico, envolvendo personagens e poréns, retratando um pouco a época e a destruição ocasionada pela erupção. E o enredo, apesar de eu já ter tido que esperava mais, não é péssimo, aliás poderia considerar bom de assistir.

De cara o telespectador se depara com uma cena de crueldade e de longe já sabemos bem que aquela criança vai crescer e vai ser o protagonista. Clichê? Bem, claro! Sem contar o amor impossível entre Milo e Cassia, já que ambos são de classes antagônicas. Tenho que dizer que a amizade do Milo com Atticus foi uma das coisas que mais gostei ali. Sim, tenho sérios problemas em gostar mais de personagens secundários do que o protagonista, mas os motivos são de ser colocado menos características incríveis nestes, deixando-os mais normais e dotados de defeitos. E a rivalidade que depois, torna-se amizade, é uma das relações postas que mais gostei. O sonho de Atticus pela liberdade e a forma que ele morre, com todos os dizeres e postura, foi uma das melhores cenas, com certeza.

É diversificado as temáticas por trás dos sentimentos dos personagens, que são movidos desde egoísmo e vingança á amores impossíveis. O final diversificou as opiniões por ter sido longe dos “finais felizes” sempre esperados. Eu pertenço ao grupo que aprovou o final, apesar de tudo, porque realmente prefiro filmes em que os finais são mais surpreendentes do que aquele propósito de felicidade que sempre esperamos. Foi um final romântico e comovente, mas não decepcionante.

Beijos, Vanessa!

Anúncios
Pompeia

2 comentários sobre “Pompeia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s